Vazou no whatsapp nifetinha vadia gozando com colega de trabalho – joão pessoa – pb

51 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

51 seg

Categoria:

Tag: ,

Vazou no whatsapp nifetinha vadia gozando com colega de trabalho – joão pessoa – pb

Vazou no whatsapp nifetinha vadia gozando com colega de trabalho – joão pessoa – pb

Tenho uma amiga do meu antigo trabalho e sempre nos falamos por Whatsapp, ela é magrinha peitos médios, bumbum impinadinho, sempre achei ela uma delicia. Afinal, é um antigo colega que encontrei por acaso, perdido na cidade!– É, mas esse colega andou transando muito com a esposa dele… ele sabe?– Clovis, essas coisas não se falam para um marido… são segredos que a gente guarda pro resto da vida!Entraram, sentaram, ela fez um café, tomaram e ficaram conversando e aí, lógico, as coisas do passado retornaram e sem que eles se dessem conta de como começou, lá estava ele mamando nos seios dela, que abaixara a camiseta e gemia, lembrando os bons tempos.

"Oi pessoal eu sou a Lia, sei que sou bonita e que tenho um corpo, que causa inveja nas minhas amigas e que chama a atenção dos homens, depois que perdi a virgindade, me tornei em uma garota muito saliente, comecei a usar roupas curtas, para me mostrar e chamar a atenção, minha mãe estava sempre me chamando atenção, sobre as minhas roupas e o jeito de me sentar, ela achava que o meu irmão poderia perder a cabeça e fazer uma loucura, (quer dizer ele poderia me estuprar) mal sabia ela que eu já não era mais virgem e que o meu irmão vivia me espionando no banheiro, depois ele batia punheta e gozava na minha calcinha usada, que estava no cesto de roupas sujas, eu cansei de ver ele fazendo isso e já estava sentindo culpada. Entramos, eu baixei as calças e sentei em uma cadeira e João fez o mesmo sentando em outra cadeira. Estava muito gostoso mas ainda iria melhorar, após deixar meu pau todo babado eu não me aguentei mais e terminei gozando na boca da safada que continuou chupando e engoliu tudinho.

Convidou-a uma vez, porque ela conversava com ele e reclamava que meu trabalho me ocupava os sábados e ela acabava ficando em casa.

Passado alguns minutos o meu marido mandou eu sentar na piroca do negão, eu obedeci e fui para cima dele sentar com muita vontade enquanto o João me chamava de vadia e o meu marido me chamava de vagabunda.