Socando No Cu Até O Talo

Socando No Cu Até O Talo

Socando No Cu Até O Talo

Quando Sérgio começou a estocar, urrei de dor… seu pênis entrava e saia de mim rasgando… Pedro segurou meus braços para que eu não me movesse… estava ali imóvel… a mercê dos meus machos…. Ficou lá, como sempre, mexendo no celular, enquanto a chefe otária aqui falava, falava, falava…Conheci Simone pela internet, na sala de imagens eróticas e logo começamos a falar sobre sexo.

Ela riu também e parou o carro.

delirar na cadeira do cinema e gozar em toda ela. Ela gemia,”aaaiii…” “devagarinho”E ele foi socando cada vez mais rápido, ja ele ia me chupando, não sabia se chupava ou gemia dando o cuzinho.

Como eu tinha consulta médica,saí mais cedo do serviço,fui ao médico e voltei pra casa.

Acho que o humor desempenha papel fundamental. Foi um momento de fraqueza, foi a primeira e última vez que eu fiz isso.

Se dava muito bem com a mãe.

Ela recomeçou a embalar o corpo, além de aumentar a velocidade fazia o pau atolar até a base.

Coloquei ele quarto a fora, naquela noite ele chorou a noite toda, desamarrei minha esposa da cama, ganhei um belo tapa na cara, perdi o cachorro que ela deu para uma colega de outro bairro e fiquei 15 dias a ver navio sem sexo. Inclusive seu reguinho era da mesma cor. Os seios eram relativamente pequenos mas proporcionalmente compostos. Achou melhor deixar o aparelho de barbear na pia e dar atenção para a prima, que se mostrava excitada e louca para brincar com ele ali no banheiro.

Ficou assim uns 5 minutos e Marina gozou de novo…E enquanto eu tremia os joelhos , suava em bicas , ia enfiando tudo que eu podia , e cada vez que eu enterrava um pouquinho mais naquele cuzinho super apertado , eu só queria cumprir o seu pedido quase desesperado:Marina me chupava e pedia para eu enfiar dois dedinhos em seu cuzinho. Ele fica assim durante um bom tempo.

Estava tremendo, não sabia o que sentiria, mas estava com vontade.