So no cu da vadia

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

So no cu da vadia

So no cu da vadia

Difícil aguentar essas “mordidinhas no pau”, sei bem! Pude então ver nosso novo amigo aumentando os movimentos, as duas respirações ficando mais ofegantes e pela primeira vez vi um homem gozando dentro da buceta dela! Momento delicioso.

quando me viu sem roupa começou a bater uma mais eu n deixei.

Mesmo com pouca experiência, ela tinha muito mais do que os dois juntos. -comecei a rebolar e ele segurou meu cabelo-Vai piranha, calvaga na minha pica.

Não era a primeira vez que ela o via nesse mister. – Que loucura, eu posso ser demitida – disse gemendo– A única coisa que você vai ser aqui é a minha vadia– Eu sempre quis transar assim– A gente não vai transar, eu vou te foder, sua vadia – e fui arrastando ela para o sofá da recepção. Quando abro o zíper da calça e me abaixei pra chupa-lo a energia do prédio volta. E estava muito, mas muito molhada. Ele sentia o seu perfume no pescoço dela.

VIRA DE 4 NOVAMENTE, VOU INFLAR MAIS ESSE CONSOLO. Segurei ela e a levei para uma sala q estava desativada, nos deitamos no tapete e começamos uma tesourinha maravilhosa onde nos duas gozamos.

O curioso é que, se por um lado Amanda não tinha razões para se sentir envergonhada em frente ao seu namorado, por a outro a Patrícia simplesmente vestira o papel de aprendiz, e estava curtindo muito aquilo tudo.

bem loiros no meio das costas,olhos de gatinha siamesa(azuis e puxadinhos),umas pernas longas e grossas,uns quadris largos,uma bunda,ah…que bunda!!e um par de seios maravilhosos;pontudinhos,tam. Deixei uma das alças do vestido cair propositamente mostrando uma parte do meu seio.

Aceitamos,os caras vieram e se apresentaram; um era um cara loiro,tipo parrudo,barba mal feita,uns 53 anos,casado de nome Geraldo e era do Paraná;o outro um moreno escuro,cabeça raspada e bigode,55 anos e era do Pará (Expeddito);eles se conheceram no posto de combustível. Ela disse: “Para Bruno!”, mas pareceu gemer.