Negra rabuda gostoza no metro

1141 visualizações

21 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , ,

1141 visualizações

21 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , ,

Negra rabuda gostoza no metro

Negra rabuda gostoza no metro

Quando trouxe o copo, mandei que deixasse na porta, alguns metros atrás de Jennifer, e ordenei que a putinha fosse, de quatro, bebê-la. 65,branca, com seios fartos…Eu estou no último ano do ensino médio,e tenho uma professora linda de Química,negra com traços indígenas, cabelos lisos até os ombros, olhos castanhos, boca carnuda, gordinha porém maravilhosa.

Senti-me confiante e ele foi logo passando o creme e enfiando com seu dedo cuzinho a dentro, colocou a camisinha só até um pouco mais da metade do pau de tão grande e começou a roçar na portinha, confesso que meu pau amoleceu na hora de medo, ai meso que eu tava parecendo uma bichinha, coma bundinha empinadinha, meu pau ficou mole e pequeno e ele entrando devagarzinho, me rasgando com carinho e me beijando meu pescoço e orelha e perguntado se eu tava gostando, que ele seria bem carinhoso, sussurrando coisas no meu ouvido e me tranqüilizando, ai foi entrando e ele me puxando cada vez mais contra ele, tava ardendo e eu suando mesmo com o ar-condicionado ligado, até que ele perguntou se eu queria que ele parasse e que iria entender, fiquei de certa forma com dó dele ter sido tão carinhoso e eu estragaria tudo se pedisse para ele parar, então virei pra ele, ele aproveitou e me roubou um selinho e eu disse pra ele continuar que queria sentir ele gozar muito dentro de mim, ele ficou muito feliz e foi metendo mais e mais, ai ele perguntou mais umas vez e eu com muita dor gritei com ele – Mete… mete tudo meu macho gostoooooooso, me arromba, come essa puta que vai ser só suaaaa, aie ele criou coragem e mandou ver, enterrou de vez tudo que tinha direito, me senti desfalecer mas eu tinha mandado, agüentei no osso, e senti ele entrando e saindo e foi de uma forma tão gostoza que logo ele tava acelerando e cavalgando em cima de mim, me puxando com força contra seu pau enterrando tudo de vez, meu pau voltou a endurecer e só sei que depois de uns 5 minutos nesse torpor ele urrou forte e parecia que seu pau tava inchando mais ainda dentro de mim até deu um urro alto e gozou e socava a cada golfada ele socava mais uma vez fundo no meu cuzinho batendo seus bagos nos meus, eu gozei como nunca tinha gozado antes, parecia que ia ter um ataque de tanto que gozei com aquela macho encima de mim colado que parecia que não queria mais me soltar.

-Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai.