Morena Abrindo O Cu E Eu Coloquei O Meu Pau No Cu Dela Ate Q Ela Gemeu Gostoso

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

Morena Abrindo O Cu E Eu Coloquei O Meu Pau No Cu Dela Ate Q Ela Gemeu Gostoso

Morena Abrindo O Cu E Eu Coloquei O Meu Pau No Cu Dela Ate Q Ela Gemeu Gostoso

Chego até minha buceta, vou abrindo as pernas devagar fazendo um carinho nos beicinhos da minha menina linda, gostosa e carnuda.

Minha mãe então se ajoelhou, e abocanhou meu membro assim que tia Sandrinha se afastou, me fazendo gozar gostoso em sua boquinha.

Encontrei com ele num hotelzinho perto da rodoviária local (Hotel Giovanni – Montes Claros/MG). e bombou forte na minha buceta, me fazendo gritar de tesão,sentindo ele bem fundo dentro de mim, então depois de 1:30 nisso, vi que ele precisava gozar, então fui e chupei ele com gosto, e sempre colocando bem fundo, até ver que estava tudo dentro da minha boca.

Foi quando Geraldo,já sentindo falta de foder,perguntou se não tinha mais alguém que queria uma rola no cú,pois já notei que vcs são uns viados casados que gostam de uma boa sacanagem…Jobson se aproximou dele e caiu de boca na rola dele,e ele falou que sabia que ia foder mais um cú de macho.

Fiquei admirado, que corpão ela tinha! E fiquei sem saber se ia lá fechar a porta ou se continuava vendo o espetáculo do banho da Adriana.

Todas as mulheres morriam de inveja de mim nas festas de nas baladas que frequentávamos. Ela gemeu e eu disse: – não esqueci daqui não. Oi,tenho 18 anos,morena,cabelo longo e preto, e um corpo escultural (modéstia a parte). -Sara, não estou aguentado, eu preciso te comer – imploreiProntamente Sara se levantou, ficou de pé, de costas para mim e debruçou sobre a cama…-Me come seu gostoso!A visão daquela bunda gostosa, empinada na minha frente e ela pedindo para come-la me deixou mais louco ainda, coloquei meu pau na bucetinha dela e puxei bem devagar sua cintura, aah que delicia de mulher, comecei devagar e fui aumentando o ritmo, o cheiro de sexo pairava no ar, Sara abafava os gemidos ainda com o travesseiro e repetia baixinho:– Ai que homem gostoso, me come…vai…isso…mete, não para, não para!Eu pedia e ela rebolava no meu pau, pedindo para puxar seu cabelo e eu metendo cada vez mais forte naquela bucetinha quente e molhada.