Mais um gozando no cuzinho da minha esposa 2

Mais um gozando no cuzinho da minha esposa 2

Mais um gozando no cuzinho da minha esposa 2

Esperou que ele acabasse e disse que a mãe dele não estava traindo seu pai, só estava se divertindo um pouco já que eles agora viviam como um casal liberal, podendo sair com outras pessoas.

Nossa! Como eram gostosas as transas da época da faculdade… estava revivendo ali algumas das boas!Deitou no sofá e ele a comeu de ladinho, viu ela gozando e tirou o pau de dentro da xotinha e gozou na barriguinha dela.

A história é esta pessoal, eu sai para ajeitar um computador e finalizei comendo a mulher do meu tio, gostaram do conto?. Porém foi inevitável minha porra não espirrar toda em cima dela, melando-a na barriga. Eu quero te comer sem camisinha.

E ele, maldito, soltava ainda um hálito quente em minha nuca. Foi descendo até chegar no meu pau!! Que boquete delicioso!!! Ela me chupava com vontade, enfiava meu pau todo na boca, deixado todo babado… foi me chupando, chupou meu saco e foi descendo em direção ao meu cuzinho.

Não deixei com que o sexo terminasse depois dele ter gozada pois eu não estava satisfeita ainda então fui para cima dele e esfreguei minha xoxota no seu rosto até ele me fazer gozar também. Comecei um vai e vem frenético.

E acabaria logo pois estava com o pau latejando.

Primeiro, comeu-a de ladinho, ali mesmo no sofá. Isso era demais… agora quem não parava de olhar para o pau dele era ela.

– Também preciso de um banho.

Além do mais, ela pensava consigo mesma, continuava tão afim de homens como sempre fora, na verdade ainda mais.

Roberto então afastou Mario e apresentou seu cacete :começou a chupar minha rola, juntamente com minha esposa, ora me chupavam,Lentamente, Mario foi enfiando aquele poste em Marina. Desde adolescente sempre tive o fetiche de ver uma namorada minha dar para outro homem na minha frente, mas nunca encontrei uma mulher que quisesse realizar, todas achavam bizarro e obsceno, até que mais tarde me casei e propus a ideia a minha esposa.

Por volta dos 40 anos, alto (1,80 aproximadamente) corpo entroncado e definido.