Loira punheteira enfiando cacete no cú delicia

167 visualizações

24 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , ,

167 visualizações

24 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , ,

Loira punheteira enfiando cacete no cú delicia

Loira punheteira enfiando cacete no cú delicia

”, falou a loira, passando a mão na bunda da amiga. Dizia que queria ficar, quem sabe transar comigo. – Olha só, não fica grilado com esse negócio do cú ficar aberto porque depois de uns dias ele volta ao normal. entrei em alfa……minha nossa!!!!! começei a pedir pra ele me foder de verdade…me comer como um animal…e assim ele fez….

Posicionei atrás de Júlio e fui bem devagar enfiando meu cacete naquele cuzinho fechadinho, demorou um pouco e já estava socando com mais força a pedido do marido que também socava no cuzinho de sua esposa.

Me empurrou contra a parede e começou com suas carícias que começaram nas orelhas, beijos calorosos na boca,carícias nos seios e como meus mamilos ficaram deliciados beijos na barriga e finalmente na xaninha onde deu atenção especial chupava o grelhinho com muita vontade en fiava os dedos dela me deixando louca, gozei muito na boca dele. Deus do céu, estava mesmo precisando de uma trepada. Só depois é que concordou em ir embora, mas ressaltando que adoraria passar uma noite inteira com ela naquele quarto maravilhoso!"Alguns minutos se passaram e eu estava dentro do carro esperando o John no estacionamento da empresa em que ele trabalha, chovia e isto ajudava a manter o sigilo de nossa conversa. Ele me olhou e disse:- já sentiu um pau na sua bucetinha minha netinha?Eu meio que nervosa disse:- não vô sou virgem ainda.

Quanto mais ela gritava mais apanhava e mais levava vara. E eu me abaixo e te chupo de novo bem rápido e você sente um orgasmo atrás do outro e empurra minha cabeça sobre sua vagina e goza na minha boca. E como ela pulou… parecia que estava cavalgando um cavalo. – Viu que caralho enorme vc vai levar na bunda? tá duro né? vou te arrebentar o cu hoje safada…Eu segurava aquele mastro com uma das mãos em sua base, lambia o cacete por baixo, desde o saco até a cabeça, ele às vezes batia com a pica no meu rosto.