Flagra amador real brasileiro loira super boqueteira num boquete fantástico por amante na beira da lagoa – rs

38 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

38 seg

Categoria:

Tag: , ,

Flagra amador real brasileiro loira super boqueteira num boquete fantástico por amante na beira da lagoa – rs

Flagra amador real brasileiro loira super boqueteira num boquete fantástico por amante na beira da lagoa – rs

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Ela era desde cedo uma boqueteira de mão cheia. Comecei a olhar com outros olhos pra ela, espiar ela trocando de roupa, tomando banho, prestei atenção em cada curva do seu corpo e comecei a perceber que sim, ela era realmente gostosa: 41 anos, branca, baixinha, cabelo na cintura, loira, coxas grossas e bunda grande. Foi então que ela se lembrou que o primeiro boquete que ela tinha feito, para endurecer o pau dele para a foto, tinha sido muito pouco, tratou de fazer um mais caprichado e levou para dentro de sua garganta o leitinho do Orlando.

A abstinência prolongada, o rum e a fantasia (de se esbaldar chupando um cacete) culminaram num gozo fantástico e explosivo. Montei nele sem tirar a mão do seu cú e comecei a cavalgar, com uma mão apoiada na cama pra trás e ficamos assim até que ele estava muito relaxado, comecei a movimentar os dedos pra dentro e pra fora, então toquei a parte superior do seu rabo que se encontra a próstata e ele deu um urro de prazer e começou a gozar em mim sem parar, aquele jorro quente em mim, me fazia massagear cada vez mais o seu cú até que chegou uma hora que a porra acabou e eu parei.

DETERMINADO DIA, ESTAVA SOZINHA PEGANDO SOL NA BEIRA DA PISCINA, QUANDO UM CARRO BUZINA NO PORTÃO E VOU ABRI-LO. "Sou um homem acima da media da maioria dos brasileiros, visitando minha vó em uma cidade do interior num dia de muito tédio, resolvi usar como distração meu celular através de aplicativo chamado imo, no qual notei que tinha uma pessoa diferente da minha usualidade, resolvi indagar para ver se conhecia, então para minha supresa era uma ex aluna de um tempos atras quando ainda era professor de ensino medio, bem que na epoca ja era super gamado nela pois alem de ser novinha tinha um corpo pelo qual sempre fui apaixonado, conversamos bastante pelo aplicativo, foi onde surgiu um boa oportunidade para comer aquela gostosa, “se um homem me deixa doida de tesão eu deixo ele fazer o que quiser comigo” quando terminei de ler isso resolvi conversar bem picante, dizendo a ela tudo que eu faria se tivesse ela por uma noite primeiro disse a ela q eu era dotado para nao ter susto, disse que começaria beijando o pescoço dela e apalpando todo o corpo dela encostaria ela na parede puxaria o cabelo dela e a comeria tão forte que ela não se lembraria que era comprometida.

gemer eu com o rosto todo molhado do gozo dela , virei ela de lado , o cuzinho dela estava molhadinho com o gozo dela que escorria , tirei a cueca e coloquei a cabeça da pica nele ,ela deu um grito meio que gemido , nele não eu nunca dei ele para ninguém , eu queria tanto aquele cuzinho dela que quanto mais ela tentava tirar mais eu metia , quanto ela notou já estava tudo dentro , comecei a fazer o movimento de tira e bota até atochar tudo nele e ela gemendo de tesão e me chamando de safado , ficamos assim uns 10 minutos até que não aguentei e gozei muuuuuito , depois disso já metemos várias vezes ,e metemos até hoje , só consegui comer a buceta depois da 4 vez , e todas as vezes que transamos sempre ela me pede para botar no cuzinho delicioso dela e eu como um cunhado satisfaço o seu desejo , e ela me retribui com uma mamada que me deixa louco até gozar na garganta dela viramos amantes casual ….

Tratava-me com respeito, mas ao mesmo tempo sempre flagrava seus olhos medindo meus shorts enquanto brincava, ou quando bebia umas cervejas e os abraços eram mais apertados, como se quisesse sentir todo meu corpo.

A cara de alegria do barqueiro me dizia que havia “algo” na lagoa além do barco dele… eu já tinha ficado grilado vendo ela ir de minissaia, o normal seria uma bermuda ou calça comprida, por causa dos mosquitos.