Flagra amador real brasileiro brasileira mulata peludinha socando no cuzinho largo seu negão de franca – sp

visualizações

1 min 31 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

Flagra amador real brasileiro brasileira mulata peludinha socando no cuzinho largo seu negão de franca – sp

Flagra amador real brasileiro brasileira mulata peludinha socando no cuzinho largo seu negão de franca – sp

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Ele é o cara mais gostoso que eu já vi! Só de ver ele eu fiquei molhada no meio do lugar!!!Para a minha sorte, meu jeito brasileiro, 1,77 de altura, minha bunda grande e meu cabelo cacheado chamavam a atenção no meio de tanta mulher loira, magra e sem graça. Tenho 36 anos, e o meu gatinho de apenas 19, sou casada mas meu marido esta para o Japão a 03 anos, a trabalho (Sou Brasileira). Não aguentando esperar mais, ele a colocou sentada na bancada da pia, jogou o robe dela pra longe e chupou a bucetinha peludinha que ela ostentava.

Tudo começo quando agente foi passear em uma pracinha que tinha perto da minha vo quando vimos dois cachorros transando na época tínhamos 11 anos e não sabíamos o que era aquilo de pois fomos em bora eu lembrando da cena fomos brinca e perguntei se ela queria brinca de cachorrinho ela lógico aceito e logo fiquei em cima dela pra fazer igual ela disse mais vamos fazer igual o da pracinha tira a roupa ele tava colocando o negócio no outro e vc tem um parecido primo eu fui e subi nela e coloquei logo meu pinto na bunda dela ela disse que gostoso brinca disso ela viu meu pinto duro e disse vai primo eu fui e comecei a esfrega nela ela rebolava e tava bom e não gozava ainda mais mesmo assim fui ótimo lambi o rabinho dela aquela bunda pretinha pois ela é mulata bem gostosa e lambi sua buceta igual cachorro ela gemia e fico molhadinha em fim nossa vo nos chamos e tive que para mais teve mais nos próximos conto o que foi acontecendo durante esses anos""Ana Paula e Daniel se conheceram no colégio, começaram a ficar, de ficada em ficada, resolveram namorar sério, terminaram o colegial, entraram na faculdade.

Após uma rápida conversa ela criou um grupo para que eu acompanhasse a conversa entre eles, Era quinta feira, tivemos uma conversa franca neste grupo, sobre preferências, desejos, fantasias, etc falamos sobre posições preferidas, expectativas e trocamos algumas fotos, rolou muita sintonia e ela ficou extremamente a vontade e bem excitada.

-boa tarde! Vc mora no apartamento de cima neh!?"e respondo no ouvido delaEu já estava acostumada a dar o cuzinho, mas nunca com um pau daquele tamanho, mesmo assim me posicionei afinal eu ia dar o cuzinho pro meu irmãozinho querido, ele lambeu o meu cuzinho até deixar ele bem molhadinho, quando o seu pau começou a entrar no meu cuzinho a dor era insuportável, mas depois de varias socadas, veio aquela sensação de alivio e eu já estava rebolando a bundinha naquele pau enorme, era uma sensação tão gostosa, era um prazer anunciado e acabamos gozando juntinhos, parecia que o meu cuzinho estava rindo de alegria e satisfação. Quando eu cheguei em casa, fui me sentindo dolorida e ardida, mas realizada por o pau daquele negão. Lídia passava o protetor naquele corpo delicioso e eu acabei flagrando ela massageando a xana com a outra mão enquanto passa o protetor. Notei que ele tinha ombros largos, grandes, da cintura para cima a estrutura era faraônica, imponente, certamente despertava interesse nas mulheres, porem a região das pernas não eram relaxadas, eram grossas, a batata da perna era proeminente, ou seja, não era igual a muitos bumbados que cuidam tanto do peitoral e barriga e esquecem as pernas, assim sendo ficam mais parecendo um funil, grande pra cima e fino para baixo, totalmente desproporcional. engole… e eu como disse nos outros contos, adoro engolir o pau inteiro até o talo, e nao fiz diferente, sentia aquela geba enorme entrar fundo na minha garganta, trancando até minha respiraçao, tirei um pouco e falei… deixa de ser frouxo e fode com força a minha boca, o luiz ficou louco com isso e começou a foder minha boca com força agarrando meus cabelos, socando tudo até o talo, nisso já percebo outro pau mais grosso no lado da minha cara, era o marico ali parado de pau duro dando risada,…comecei a chupar os dois paus alterdanamente… que delícia dois negros de pau descomunal ali sá pra mim, era bom demais pra ser verdade…entao falei, marcio vc tem o pau mais grosso, quero que me foda primeiro… eles se olharam deram risada e falara… mas é melhor que qualquer puta essa bicha… luiz sentou em uma cadeira, eu tirei a roupa e fiquei de quatro chupando o luiz e esperando o pau de marcio enterrar dentro me mim, de repente sinto uma cabeça de pau roçando a portinha de meu cuzinho que estava prestes a se tornar cuzão… e ele foi forçãondo foi entrando ahhhhh….