Coroa mamando no pau do amigo

Coroa mamando no pau do amigo

Coroa mamando no pau do amigo

O pai, felizmente tinha posses, comprou o apartamento para ela.

Desta vez com mais força.

– Meu bem, acho que você terá de conversar com nosso vizinho, o Cláudio.

”, falou uma Patrícia divertida com o apuro do amigo, já meio senhora da situação.

Nesse momento, Cris começou a gozar com uma intensidade que eu nunca havia visto, sua vagina entrou em espasmos, ordenhando meu pênis, o que fez com que também eu começasseMeu nome e Gabriela, tenho 20 anos, tenho os cabelos lisos, castanho claros, na altura da minha bunda que e avantajada e firme, tenho os olhos azuis, os seios medios e firmes, 1,70 de altura, 60 kg muito bem distribuidos e sou lesbica convicta!!! Sou viciada em contos eroticos, por isso resolvi comecar a contar a vcs uma serie de maravilhosas historias vividas por mim… vou comecar com a mais recente pois foi a que me encorajou a escrever!!!xexel. Foi quando ela me chamou e falou que queria um 69 comigo e ele metendo por trás, pois havíamos assistido um vídeo assim e havia adorado aquela posição,Antes de eu terminar a palavra o Carlos me agarrou, me deu um beijo delicioso, abaixou meu vestido, me colocou sentada em uma mesa eu com os seios pra fora ele mamando que nem um louco e a Clara transformada,aquela mulher estava possuída pelo tesão,ela sentou do meu lado, e realmente dirigia toda a cena:Olá a todos os amigos aqui presentes, me chamo Roberto, 25 anos, moro em BH-MG, um cara normal, com 1,78 de altura, 75kg, sem essa de lindo e sensual, um homem simples e comum. Eu faço faculdade, e um dia desses estava chovendo muito aqui na cidade, acabei pegando um taxi, porem eu estava muito excitada… Entrei no taxi, era um taxista coroa já, bem arrumado, dei uma olhada na mala dele, fui que queria ir para o centro da cidade, da minha faculdade até meu apt leva uns 10 min, com chuva levou uns 20 min por causa do transito e tudo mais, chegando na frente do meu prédio, eu fui pagar o taxista e faltou 5 reais, nisso ele disse que tudo bem, que ganhou o dia levando uma moça tão jovem e bela como eu… nisso eu bem safada como sou, estava louca por “algo” ehhehehe. Depois de conversar com os dois, fechamosum acordo, eu pagava a reforma da casa deles e usava esse quartinho para meu home office.