Comendo o cuzinho da minha loira

visualizações

1 min 43 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

1 min 43 seg

Categoria:

Tag:

Comendo o cuzinho da minha loira

Comendo o cuzinho da minha loira

Eu não sei porque,mas sinto tesão de imaginar a cena de nõs 3 e de ver ele comendo outra na minha frente com meu consentimento, sozinho nem pensar!!!Depois volto pra contar se rolou ou não! Kisses, for yours. ENTROU NA SALA ESCURA DESINIBIDA COMO SE FOSSE VELHA FREQUENTADORA, LOGO ENCONTROU UM TRAVESTI S[O DE CALCINHAS AJOELHADO CHUPANDO UM HOMEM QUE GEMIA ALTO, DEVIA STAR GOZANDO, ELA SORRIU, NÁO ERA MAIS NOVIDADE, LOGO EM FRENTE UM GRUPO DE TRAVESTIS QUE COBRAM DE 5 A 10 REAIS POR UM BOQUETE, FOI SEGUINDO PARA O MESMO LUGAR PROXIMO A PORTA DO BANHEIRO, ALI FICA MAIS CLARO E LOGO SEU FAN CLUB NOTARIA SUA PRESENCA, L[A CHEGANDO TIROU SEU BON[E SOLTANDO A VASTA CABELEIRA LOIRA QUE SACUDIU COM FORCA LOGO SEUS LONGOS CABELOS LOIROS ESTAVAM LIVRES, NUM SEGUNDO CABE;AS COMECARAM A SE VIRAR EM SUA DIRECAO E A SE FORMAR UM CIRCULO EM SUA VOLTA, SEU CORACÁO DISPAROU, MAS NÁO DEIXOU TRANSPARECER NADA, CONTINUOU DE P[E COMO SE OLHASSE O FILME, NA TELA UMA LINDA LOIRA ESTAVA SENDO ENRABADA POR UM NEGRÁO ENORME, LA BAIXOU OS OLHOS E VIU V[ARIOS CARAS SE MASTURBANDO COMO NINGUEM FALAVA NADA E NEM SE APROXIMAVAM MUITO, COMECOU A CRIAR CORAGEM E VIU QUE EU ESTAVA CERTO QUANTO A ISTO, SE ELA QUIZESSE S[O FICAR ALI OLHANDO O FILME NINGUEM MEXERIA COM ELA OU MESMO FALARIAM COM ELA, ELA SOLTOU O BON[E QUE AINDA TINHA NA MÁO DEPOIS DE SE ABANAR COM ELE PARA MOSTRAR QUE ESTAVA COM CALOR, E NUM GESTO DISPLICENTE COME;OU A DESABOTOAR A JAQUETA, DEVAGARINHO GOZANDO COM A ANSIEDADE DOS CARAS ALI EM VOLTA, OLHOS BRILANTES GRUDADOS NELA, J[A ERAM UNS VINTE, NISTO ELA NOTOU QUE NO MEIO DELES HAVIA DOIS CASAIS, ERAM JOVENS, UMA GAROTA QUE MAIS PARECIA UMA ADOLESCENTE, POIS QUASE NÁO SE VIA SEUS SEIOS, ESTAVA AGARRADA A UM LOIRINHO, E O OUTRO CASAL J[A ERA MADURO A MULHER BAIXINHA POREM BONITA DEVIA TER UNS 40 ANOS SEU COMPANHEIRO DEVIA TER A MESMA IDADE A MULHER MAIS VELHA TALVEZ POR SER NOVATA DISSE EM VOZ BAIXA MAS QUE TODOS OUVIRAM, ESTA GAROTA [E LOUCA, NISTO TODOS SE VIRARAM PRA ELA COM CARA DE POUCOS AMIGOS E SEU COMPANHEIRO FEZ SINA QUE ELA FICASSE QUIETA E FALOU AO SEU OUVIDO, NÁO FALOU MAIS NADA, MELISSA CONTINUOU A ABRIR A JAQUETA E LOGO PARA DELIRIO GERAL SEIOS LINDOS SEIOS COM BIQUINHOS ROSADOS E DURINHOS ESTAVAM A MOSTRA, A MULHER CORRIA O OLHAR POR TODOS OS PAUS, A MULHER QUE FALARA ANTES MARAVILHADA, NUNCA VIRA TANTOS E DE V[ARIAS BITOLAS, MELISSA IMPASSIVEL AT[E AGORA NENHUM CARA LHE CHAMARA A ATEN;ÁO A PONTO DE ALGO MAIS FIRME, O GRUPO FOI AUMENTANDO, DE REPENTE ELA RECONHECEU O CARA QUE LHE LIMPARA O ROSTO COM UM LENCO IMPECAVEL E PERFUMADO E RESOLVEU RETRIBUIR A GENTILEZA, LHE FEZ UM SINAL PARA QUE SE APROXIMASSE E LHE OFERECEU OS SEIOS PARA QUE OS PEGASSE E MAMASSE SE QUIZESSE, VIU QUE SEU PAU ERA MUITO PEQUENO E NÁO DARIA PRA ELE, O CARA SE APROXIMOU TREMULO DE EMO;ÁO E COME;OU DESAJEITAMENTE A ACARICIAR AQUELE TEZOURO, LEVOU A BOCA E CHUPOU UM E DEPOIS O OUTRO BIQUINHO E NÁO AGUENTANDO MAIS GOZOU SOLTANDO UM TREMENDO GEMIDO, TENDO TODO CUIDADO PARA NÁO SUJAR A GAROTA, A CARICIA ESQUENTOU MAIS A MELISSA QUE RESOLVEU MOSTRAR MAIS, COME;OU A DESABOTOAR A CALCA E A GALERA FOI A LOUCURA, POREM SEMPRE EM SILENCIO, S[O DE VEZ ENQUANDO SE OUVIA ALGUM GEMIDO, CARA QUE NÁO AGUENTAVA E GOZAVA MESMO CONTRA SUA VONTADE, MAS NÁO ARREDAVAM P[E DALI. ESTOU DOIDO PARA FAZER TUDO D NOVOIniciei o serviço na manhã de quarta e depois de muita pesquisa o serviço foi criando luz pelos ambientes, mas no decorrer do serviço meu amigo teve que se ausentar para socorrer um parente e eu ficamos sozinho, é uma vila bem aconchegante e só existe um morador que vive direto lá, um senhor de 72 Anos, magro, corpo definido sem pelos, bem bronzeado, um coroa de bem com a vida, falador e sempre a disposição, chegou a hora de almoçar e fui tomar um banho, descobri que a água do meu amigo havia sido cortada, pois ele ficou muito tempo sem ir lá e por isso cortaram a água, falei com o senhor que mora ao lado, vou chama-lo de Luiz, e pedi um pouco d’água para tomar banho, ele me atendeu só de sunga dizendo que o chuveiro fica bem na entrada e que eu poderia usar a qualquer momento, ligou a água e tomou uma ducha na minha frente para mostrar como ligava o chuveiro, sem modéstia nenhuma ele abaixou a sunga e lavou suas partes e falou que eu poderia provar também, dei um sorriso e ele não entendeu. Ele cuspio no cuzinho dela, e foi colocando a cabecinha bem de vagar.