COMENDO CU DA AMIGA

310 visualizações

1 min 8 seg

Categoria:

Tag:

310 visualizações

1 min 8 seg

Categoria:

Tag:

COMENDO CU DA AMIGA

COMENDO CU DA AMIGA

e o padre bombava pra rola entrar toda. Deitou-se e deixou que eles agissem.

Fiquei de quatro e lá vieram eles, me comendo sem parar, um atrás do outro. Depois de uns seis meses do ocorrido, voltei a pensar em Tiago.

Eu perguntei se ele queria faze lo em casa mas, para minha surpresa ele disse que queria no studio com as minhas amigas. Nos limpamos e voltamos pra sala, mas a putaria nao acabou. A bucetinha piscando de tesao e expectativa (continua)– Então enfia essa boca e se afoga no meu gozo, gostoso. Eu não queria sair de cima dela, a bucetinha dela estava tão apertadinha e quentinha…eu estava louco de prazer, meu pau latejava e liberava muita secreção !! Tirei o pau de dentro dela fiquei em pé, e amarrei a cabeça dela nas minhas coxas para ela lamber as minhas secreções,dei uma olhada na sua bucetinha e vi que estava bastante vermelha; os lábios da bucetinha da minha cadela estavam para fora e um a vermelhão que parecia uma flor desabrochando e me excitou mais! Fui a geladeira peguei um pouco de leite numa tigela e um pouco de atum, lavei as tetas grande dela com leite, e melei meu pau,saco e coxas com atum, deitei no chão por baixo dela e coloquei ela pra lamber o atum enquanto eu mamava em suas tetas e chupava sua buceta gostosa , mijei dentro do leite e mexi bem com o pau e dei pra ela beber, depois comecei outra sessão de rolada nela, lubrifiquei mais, e meti vara nela, fiquei 4 minutos num vai-e- vem muito gostoso!!Ao ouvir o barulho do meus testículos gigantescos batendo em suas tetas, me dava vontade de esporrar dentro dela, mais eu parava um pouco,não tinha situação melhor do que aquela,estava aproveitando o máximo que pude, com meu pau todo dentro da minha cadelinha, eu gemia feito um cavalo no cio!!!Aquela bucetinha que antes era tão pequena, cresceu o dobro, pois o meu malvado cassete havia feito um estrago muito grande nela!Eu segurei a boca da cadela aberta com muito cuidado para não soltar as mandíbulas e mijei dentro da boca dela, e ela foi engolindo aos poucos. Muitas vezes, ouvi min há mãe e suas amigas comentando sobre sua beleza e praticamente todas elas, mesmo as casadas, não escondiam que, surgindo a oportunidade, não rejeitariam a ter um caso com ele.

Depois de muito meu torturar com a língua, ato continuo, mandou eu dar beijos na cabeça do pau e ele batia o pau na minha cara e dizia que é isso que uma puta safada merece.