Caiu na net vÍdeo intimo minha vagabunda puta dando que nem puta com amante em lauro de freitas

49 visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

49 visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Caiu na net vÍdeo intimo minha vagabunda puta dando que nem puta com amante em lauro de freitas

Caiu na net vÍdeo intimo minha vagabunda puta dando que nem puta com amante em lauro de freitas

Fui ao banheiro me molhei e voltei com a langerie colada e transparente, aflorando uma extrema sensualidade vagabunda. Eu cheguei la e agente começou a conversa ela estava chorando e muito triste, Eu logo fui dando meu colo de amiga ea beijei no rosto, e olhou pra min com um olhar diferente meu coracao logo disparou, e ela me deu o beijo mais doce da minha vida, eu correspondi foi magico maravilhoso Eu adorei, e logo senti minha buceta quente e latejado como nunca, e a coisa comecou a esquentar, ela passava a mao no meu corpo puxava meu cabelo, e enfiava a e tirava a linga de dentro da minha boca como se fosse um cacete, Eu acariciava seus peitos pequenos do bico durinho, ela comecou a cariciar minha boceta ja tranbordando de tesao, Eu coloquei a mao na boceta dela nossa que xoxota era aquela branquinha lizinha do grelo durinho. Após alguns dias separados eu e o meu amante reatamos e decidimos matar a saudade ele me levou á uma casa de praia e enquanto ele dirigia eu chupava seu pau, chegando na casa coloquei o biquíni e ficamos na beira da piscina tomando um vinho e conversando sobre algumas fantasias que um dia iremos realizar, entre uma conversa e outra minha buceta ja estava toda babada e ele pegou uma pedra de gelo colocou na boca e começou a me chupar, ahh! Foi uma sensação maravilhosa a combinação da língua quente com a pedra gelada, e não sei o que me deixava mais excitada se era aquela deliciosa chupada com mistura quente e fria ou se era o medo de ser vista pelo segurança que passava á todo instante em frente a casa.

Também sou viciado em pornografia em forma de contos, vídeos, fotos, historias e qualquer coisa que envolva sexo. muito, minha boca também doia, o homem que queria me comer se deitou naachei melhor conversar com ela, a fim de expormos, francamente, os nossos mais íntimos desejos. A IDEIA PARECEU-NOS INTERESSANTE, A SUGESTÃO FOI ACEITA E NOS ENCAMINHAMOS PARA O APÊ DO LAURO.

Quem sabe um dia eu mude minha cabeça? Mas hoje, não dá… pegar e chupar já foi o máximo que eu me permitiria.