Anal delicioso penetrando pau no cu da loira rabuda

1 min 0 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

visualizações

1 min 0 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

Anal delicioso penetrando pau no cu da loira rabuda

Anal delicioso penetrando pau no cu da loira rabuda

a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias…. Ele disse: “mas curte bater punheta em macho”, eu disse que adorava. Murilo ficou conversando comigo e me olhando enquanto eu trabalhava, eu alisava, masturbando o pênis duro do Ivo, que estava muito excitado. Tive que me levantar senão acabaria fazendo besteira e causaria o maior escândalo.

Então ele tirou a calcinha e começou a beijar o corpo dela, dos pés ele subiu pela perna inteira, subiu mais, chegou aos seios e as bocas voltaram a se encontrar.

De pouco em pouco ele foi penetrando, eu arreganhava as pernas e abria as bandas da bunda pra que ele pudesse ir mais fácil até que finalmente senti sua púbis bater em minha bunda. Em menos de 30 segundos Valéria começou a gritar dizendo que ia gozar, que ia gozar, até que deu um berro e gozou aos gritos, tremendo toda. Ele sentia o perfume de seus cabelos aloirados ao se achegar mais a ela.

Também inevitavelmente quando vi já tinha falado:– Depois de tantos anos o meu retorno.

e caminhei a cabeça dela p/ o meu pau.

carina então novamente parecia ter caido na real e disse chega ta bom já, colocou a roupa novamente, e mais uma vez foi ver se a irmã estava chegando, ao voltar dei-lhe mais um gostoso beijo e com cara de criança pidão pedi a ela que deixasse eu colocar só um pouquinho na boceta dela, só a cabecinha(essa todos conhecem né?)que pra mim já seria suficiente e eu seria o homem mais feliz da face da terra, se bem que isso é verdade. Chupou um pouco, e tirou, devolvendo-o a amiga. Virava-se e mostrava aqueles lindo peito rosadospara mim.

Eu me deito na cama, ele abre minhas pernas, e num estocada enfia até as bolas, que me fazem soltar um grito de prazer. Não sei a razão, mas estou. Ajeitando a Patrícia de quatro na cama, com a bunda empinada, postou-se atrás e apontou seu cacete duro para a bunda dela, novamente.

Naquela noite, após vários orgasmos e um sexo delicioso, enquanto conversávamos sobre assuntos diversos, Amanda me confidenciou que se segurou para não enfiar o dedo enquanto “bolinava” meu cuzinho.