Amo Tomar No Cú Quando Empino A Bunda E O Cara Mete Forte E Goza No Meu Cuzinho

Amo Tomar No Cú Quando Empino A Bunda E O Cara Mete Forte E Goza No Meu Cuzinho

Amo Tomar No Cú Quando Empino A Bunda E O Cara Mete Forte E Goza No Meu Cuzinho

Adivinhem pra quê?"(escrito por Kaplan)Quando anoiteceu eu pegue um vinho que trouxe da cidade; fui para sala e comecei a beber, tomei o vinho quase todo, Como não tinha televisão, e nada pra fazer, fiquei olhando revistas pornô e acariciando meu cassete e minhas bolas,o meu pênis 20cm,não é grande para o meu tamanho mais é bastante grosso, meus testículos são grandes demais,teve um crescimento anormal na infância,tanto dos testículos como do saco escrotal,as vezes quando não uso cueca sento no próprio saco rsrsrs, mais sem problemas, quando fiz sexo pela primeira vez, fui bastante elogiado, até hoje todas as mulheres que faço sexo com elas sempre me elogiam muito, meu pênis e meus testículos. – Natalia: Desculpe, você não quer almoçar comigo? (não sei como tive coragem de dizer isso)Sou o Nerd tenho 33 anos somos de sp capital e sempre fui muito tarado, porém muito discreto, em 2010 conheci a minha alma gêmea para o sexo… Vou chama lá de JJ, eu sempre olhava ela com desejos, admirava aquele corpo perfeito, peitinhos durinhos e bumbum empinado, bariga lisinha e cara de santinha, mas eu sabia que por trás de um rosto angelical tinha uma vadia, aos poucos fui me aproximando dela e pouco a pouco começamos a nos conhecer, falar coisas de trabalhos e das nossas vidas e em um belo dia de calor resolvemos tomar uma cerveja após o dia cansativo de trabalho, saímos da empresa e fomos para um bar e começamos a beber e falar sobre as nossas vidas e papo vai papo vem começamos a sair do limite e iniciamos um papo sobre sexo, ela me perguntou se atras de um rosto de nerd tinha um safado e eu falei que não seria um rosto de safado mas sim de um tarado, então eu perguntei para ela se atras de uma mocinha angelical teria uma vadia e ela com um sorriso safado me respondeu que sim e se eu gostaria de conhecer o outro lado da mocinha angelical? respondi imediatamente que sim e pedimos a conta e fomos para um Motel na Marginal Pinheiros de SP, chegamos lá já começamos a nos despir e ela imediatamente abaixou bem devagar pegou na minha rola e falou que era como ela imaginava, eu estava muito exitado com o pau extremamente duro e ela não demorou para iniciar umas belas chupadas com aquela boquinha carnuda, me chupava como nunca fui chupado, colocava toda a minha rola na boca até engasgar e tirava ela toda babada e me dava um sorriso de quem queria muito mais, aos poucos ela foi se soltando mais e mais e então ela virou de quatro e falou para eu bater com o meu pau na bunda dela, respondi imediatamente com um sorriso e iniciei as batidas de rola na bunda dela, aos poucos vi que o clima estava mais que quente e então iniciarmos uma foda animal, a JJ gemia muito, nunca ouvi uns gemidos tão altos e gostoso, isso me dava mais tesão e cada gemida era uma estocada mais e mais forte, fizemos um sexo gostoso em todas posições possíveis e imagináveis, então para finalizar ela debruçou na cama empinou aquele bumbum e me pediu para eu foder o seu cuzinho, mais que de pressa eu coloquei a cabeça do meu pau na portinha do cuzinho dela e comecei a colocar bem devagar, aos poucos ela foi relaxando e minha rola foi sumindo em seu cuzinho, começamos bem devagar e aos poucos fui aumentando as estocadas em seu bumbum e ela adorando a maneira em que eu esta fodendo aquele cú gemia muito, dei umas belas bombadas e depois de um bom tempo de foda ela começou a se masturbar e gemia mais e mais alto até gozar, depois que ela gozou muito ela me pediu para eu encher o rabinho dela de leite quente, isso me deu um tesão que na hora eu bombei mais forte e comecei a gozar como um louco… depois desta foda viramos dois putos, safados, transamos muito mais e em vários locais da empresa, mais estes outros eu vou contar para vcs nas próximas oportunidades.

Ele levantou, me cumprimentou com sua mão forte e sorriso lindo, e ao cumprimentar minha esposa deu-lhe um beijinho no rosto, parecia que ela já estava se derretendo pelo rapaz.

No dia seguinte ficamos o dia fora e ela me procurou a noite no meu quarto, eu pedi um tempo pra tomar uma ducha rápida e fui a seu encontro, estava muito cheirosa, perfumada mesmo, e permitiu depois de alguma insistência que fossemos mais adiante que na noite anterior, fi-la gozar com meus dedos não antes de ela me fazer despejar o que parecia interminável quantidade de esperma em sua mão, numa deliciosa punheta enquanto nos beijávamos…Ela era muito apertadinha e gemia na minha boca, um tesão completo ! Muito quente … Não resistindo ao tesão ainda antes de irmos dormir a masturbei de novo, em pé, junto a parede de seu quarto e senti que ela tremia no momento de seu gozo.

Quando ela saiu do banho, esbarrei de propósito em sua bunda ela falou opa e meu pau que já estava duro ficou duríssimo.

Primeiro chupei aquele cuzinho com tanto gosto e vontade que quebrei todas as resistências dela.