Amantespara fodendo amante gostosa cuzinho delicia apertadinho

visualizações

58 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , ,

Amantespara fodendo amante gostosa cuzinho delicia apertadinho

Amantespara fodendo amante gostosa cuzinho delicia apertadinho

QUE QUER QUE EU FAÇA AGORA? PERGUNTOU ELE, PONHA SEU PAU NA MINHA BOQUINHA AMOR, ESTOU LOUCA PRA CHUPA–LO E COLOCOU A BOCA NO MEU CHAPANDO DELICIOSAMENTE, EU FAZENDO UM ESFORÇO TREMENDO PARA NÃO GEMER, ESTAVA ADORANDO AQUELA SITUAÇÃO, O CARA DO OUTRO LADO GEMIA DIZENDO AI AMOR QUE BOCA GOSTOSA, CHUPA MAIS MAIS AMOR E ELA CHUPAVA.

Meu pau queria rasgar minha roupa, subi em cima dela, então ela fechou as penas assustada, então percebi que ela não queria, saí imediatamente de cima dela e perguntei porque ela não queria… ela falou bem baixinho que era virgem e não queria naquele momento, falei que tudo bem, beijei ela novamente, ela voltou a relaxar e suas pernas abriram novamente, voltei a chupar sua bucetinha, então ela falou que queria ver meu pau, fiquei de joelhos na cama e falei pra ela tirar ele pra fora, ai foi que percebi que ela nunca tinha visto um pau antes, nem sabia abrir meu zíper, tirei meu shorts e fiquei só de cueca, meu pau tava duro feito uma rocha então ela desceu minha cueca e arregalou os olhos quando viu ele… – É muito grande!!!… e grossa!!!, pedi pra ela tocar, ela pois a mão bem devagar toda sem jeito, tocou com a ponta dos dedos, meu pau tava escorrendo , tava muito excitado… então segurei a mão dela e comecei a fazer o movimento de subir e descer(punheta), tirei minha mão e ela continuou, que delicia, eu já tava quase gozando… pedi pra ela lamber a cabecinha, ela olhou pra mim com uma cara de assustada, então eu levantei comecei a passar a cabecinha na boca dela, bem devagar, então ela timidamente começou a passar a língua toda desajeitada, pedi pra ela abrir a boca, ela abriu só um pouco, só coube a cabecinha, ela deu uma chupadinha como se fosse um sorvete.

Quando chegou na parte da dupla penetração da menina, ele enfiou um dedo no meu cuzinho, era o que estava faltando, algo no meu rabinho, me senti preenchida, gozei na hora.

Galera, esse é meu primeiro conto e não sei se fiz direito! Eu sei que meu conto ficou um pouco longo, mas eu realmente espero que vocês tenham gostado! Não percam a parte 2!"olá, meu nome é Pa,ulo, já publiquei dois contos (reais) aqui neste site, e resolvi publicar outro… apás terminar o namoro com minha namorada e o tio dela, carlão, fiquei sem ter relaçao com outro homem uns 2 anos, até que um dia um amigo meu me convidou pra visitar a casa dele que estava em obras para dar uma olhada, acabei me atrasando e ao chegar lá o pedreiro luiz disse que ele já havia ido embora mas que eu podia dar uma olhada na obra mesmo assim, achei legal, e na hora nao pensei em nada com aquele homem, negro (tenho sorte com negros, que maravilha) 1,80m mais ou menos, ele mesmo foi me mostrando a construçao sá de bermuda todo suado, ai sim comecei pensar besteira… mas como havia um outro pedreiro o marcio (este nao era negro, era muito negro, um afro descendente puro e um pouco mais auto que luiz), entao nao dei bandeira e me controlei pra nao mostar minha excitação, no entanto o ao chegar no quarto de casal começamos a converçar, e o luiz começou a falar…” é aqui que o patrao vai comer aquela gostoza da patroinha… falei… é verdade, e começamos a falar sobre sacanagem, até que ele disse aquela celebre frase… mas o bom mesmo é comer um cuzinho apertadinho… nisso notei o volume dele e disse… mas duvido que alguem aguente teu cacete…, ele falou… é verdade , até hoge sá uma mulher aguentou, mas chegou a chorar , e também um viadinho, mas ele quase pediu agua, e o do meu primo o marcio é maior que o meu…falei …. Obrigada!– Amanda: você gostou?Angela adorou o novo amante xingando seu marido corno e engasgou no pau de Biel como na noite anterior, Gabriel não aguentou, vendo a tia da namorada sem ar, tentando engolir toda sua pica, mas sem sucesso, acabou gosando na sua boca, Angela se assustou, tirou a boca rápido e levou os últimos jatos no rosto, na testa e no queixo, ficando toda melada. Mas quando cheguei em casa, vi uma cena que já mais queria ver, no sofá da sala eu já vi a saia e a blusa da minha irmã, entrando pelo corredor, encontrei a sua calcinha, na porta do quarto encontrei o seu sutiã a minha irmã estava de quatro em cima da cama, com o pau do meu marido socado no seu cuzinho, me aproximei e fiquei olhando, ele fodendo o cuzinho da minha irmã, quando o meu marido me viu, ele falou oi amor tira a roupa e venha se divertir, minha irmã estava gemendo e rebolando no pau do meu marido, ela olhou pra mim e falou, vem cá maninha deixa eu chupar a sua bucetinha, vem que eu vou fazer você gozar na minha boca.